Aproveite um Carnaval com mais saúde

A cada ano que passa surgem mais foliões curtindo o carnaval. Nas próximas semanas, a folia e a diversão são intensas. Pensando em orientar os foliões que estão chegando pela primeira vez nos bloquinhos, ou mesmo os veteranos da folia, o especialista Alexandre Colombini, dá algumas dicas de como curtir o carnaval sem prejudicar a saúde:

Mantenha o corpo hidratado

Com o calor do carnaval, manter o organismo hidratado e as vias orais sempre umedecidas é essencial. Mas se estiverem ressecadas, podem causar algum tipo de irritação e desconforto.

Controle as bebidas geladas

Procure evitar bebidas geladas nos momentos de calor intenso e com o corpo superaquecido. Sinusite, resfriados, faringites e amigdalites podem ser a consequência e te tirar de cena antes da quarta de cinzas. Se não houver outra opção, ingira bebidas geladas em pequenos goles e devagar, isso ajuda o organismo a equilibrar a temperatura.

Álcool

Procure ingerir bebidas mais leves e refrescantes e evitar as bebidas de maior teor alcoólico. O álcool retém a água do seu corpo. A sensação de matar a sede, leva à eliminação de mais água e não resolve o problema.

O médico indica uma maneira de aliviar um pouco esse transtorno. “O ideal é sempre ingerir muita água entre uma bebida e outra, isso não vai diminuir a quantidade de álcool no seu organismo, mas aliviará alguns sintomas desagradáveis”, explica.

Protetor Solar

Proteja a pele dos raios UVA e UVB durante a folia do carnaval.

Doenças Transmissíveis

Nesses dias de carnaval, é comum os jovens se beijarem sem se conhecer realmente. A boca traz inúmeras bactérias. A higiene é fundamental, mas é bastante comum a presença da mononucleose e de outras doenças transmissíveis pela boca.

Seja no carnaval ou em qualquer outra data, um singelo beijo na boca pode transmitir uma infecção bem chata. Estamos falando da mononucleose, a popular doença do beijo.

Fonte: http://farmaciasbigfort.com.br/aproveite-um-carnaval-com-mais-saude/

Feira de Santana, Bigfort, Farmácias Bigfort, Economia, Saúde.